g2h

quarta-feira, 4 de maio de 2011

A Lenda do João de Barro

A Lenda do João de Barro, os índios contam que foi assim que nasceu o pássaro joão-de-barro.

Há muito tempo, numa tribo do sul do Brasil, um jovem se apaixonou por uma moça de grande beleza. Jaebé, o moço, foi pedi-la em casamento.
O pai dela então perguntou:
- Que provas podes dar de sua força para pretender a mão da moça mais formosa da tribo?
- As provas do meu amor! - respondeu o jovem Jaebé.
O velho gostou da resposta, mas achou o jovem atrevido, então disse:
- O último pretendente de minha filha falou que ficaria cinco dias em jejum e morreu no quarto dia.
- Pois eu digo que ficarei nove dias em jejum e não morrerei.
Todos na tribo ficaram admirados com a coragem do jovem apaixonado. O velho ordenou que se desse início à prova. Então, enrolaram o rapaz num pesado couro de anta e ficaram dia e noite vigiando para que ele não saísse nem fosse alimentado.
A jovem apaixonada chorava e implorava à deusa Lua que o mantivesse vivo. O tempo foi passando e certa manhã, a filha pediu ao pai:
- Já se passaram cinco dias. Não o deixe morrer.
E o velho respondeu:
- Ele é arrogante, falou nas forças do amor. Vamos ver o que acontece.
Esperou então até a última hora do novo dia, então ordenou:
- Vamos ver o que resta do arrogante Jaebé.
Quando abriram o couro da anta, Jaebé saltou ligeiro. Seus olhos brilharam, seu sorriso tinha uma luz mágica. Sua pele estava limpa e tinha cheiro de perfume de amêndoas. Todos se admiraram e ficaram mais admirados ainda quando o jovem, ao ver sua amada, se pôs a cantar como um pássaro enquanto seu corpo, aos poucos, se transformava num corpo de pássaro!
Então foi naquele exato momento que os raios do luar tocaram a jovem apaixonada, que também se viu transformada em um pássaro. E, então, ela saiu voando atrás de Jaebé, que a chamava para a floresta onde desapareceram para sempre.
Podemos constatar a prova do grande amor que uniu esses dois jovens no cuidado com que o joão-de-barro constrói sua casa e protege os filhotes.
Os homens admiram o pássaro joão-de-barro porque se lembram da força de Jaebé, uma força que nasceu do amor e foi maior que a morte.
E foi assim que nasceu a Lenda do João de Barro...lindo não!

20 comentários:

  1. muito bonita apesar de não ser nem um pouco real

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Vocẽ é de Deus???
      Eu sou

      Excluir
  3. Respostas
    1. quando ele falou "fila" ele quis dizer filha,o cara deve ter digitado errado,ja estudei sobre essa lenda,e o pai da moça fala "filha" mesmo :)) bjs

      Excluir
  4. a mesma pergunta faço eu oque é fila?
    boiei mais a lenda é linda não? amei e talvez eu acredite talves não e odeio quem maltrata os animais principalmente passaros que não fazem mal a ninguém e são pobres,pequenos,lindos e indefesos bichinhos!_!♥♥♥


    ASS:gabriella alecrim

    ResponderExcluir
  5. Pôxa...depois de tantos dias o coitado ainda é amaldiçoado se transformando em pássaro com sua amada...que triste!

    ResponderExcluir
  6. eu precisava dessa lenda para um trabalho escolar............

    ResponderExcluir
  7. Essa lenda é amazonica?

    ResponderExcluir
  8. Muito linda •®•√•©•£

    ResponderExcluir
  9. Tem que achar "linda" só porque é indígena? Pois achei essa lenda uma porcaria.

    ResponderExcluir
  10. Muito bonito adorei demais é lindo

    ResponderExcluir
  11. Não achei a palavra fila só filha, mais assim mesmo adorei e ñ só pq é indígena mais sim pq é romântica, poética e fala sobre oque o amor pode fazer

    Ass: Vitória S. Conceição
    BJSSS :))

    ResponderExcluir
  12. Muito Lindo, me emociono toda vez enque leio !!

    ResponderExcluir
  13. Muito inteligente dos índios registrarem a espécie por outro lado aparece outro pais e o faz.
    Quem não acha bonitinho uma criança falar elado pois e os índios foram catequizados após 1500 pessoal!

    ResponderExcluir
  14. Às vezes tenho a impressão que desfazer mitos pode servir apenas para apagar uma parte do folclore ou até mesmo desmentir as estórias que, apesar de mentirosas, fazem parte do encantamento de nossas fantasias infantis. Mas neste caso em particular, este mito deve ser realmente desfeito, pois faz parte da imagem distorcida que o ser humano faz da natureza, atribuindo aos bichos defeitos e imperfeições próprios apenas do ser humano.

    Luiz Fernando de Andrade Figueiredo

    ResponderExcluir

Todas pessoas abaixo tem o mesmo interesse que você, siga você também

Compartilhe com os amigos o G+

Postagens populares

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"
  •  

    Google+ Badge