g2h

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Lenda do Curupira

O Curupira gosta de sentar na sombra das mangueiras para comer os frutos. Lá fica entretido ao deliciar cada manga. Mas se percebe que é observado, logo sai correndo, e numa velocidade tão grande que a visão humana não consegue acompanhar. "Não adianta correr atrás de um Curupira", dizem os caboclos, "porque não há quem o alcance".
A função do curupira é proteger as árvores, plantas e animais das florestas. Seus alvos principais são os caçadores, lenhadores e pessoas que destroem as matas de forma predatória.
Para assustar os caçadores e lenhadores, o curupira emite sons e assovios agudos. Outra tática usada é a criação de imagens ilusórias e assustadoras para espantar os "inimigos das florestas".

História do Curupira

Estava o Curupira andando pela floresta, quando encontrou um índio caçador que dormia profundamente. O Curupira estava com muita fome e cismou em comer o coração do homem. Assim, fez com que ele acordasse. O caçador levou um susto, mas como ele era muito controlado, fingiu que não estava com medo. O Curupira disse-lhe:
- Quero um pedaço de seu coração!
O Caçador, que era muito esperto, lembrando-se que havia atirado num macaco, entregou ao Curupira um pedaço do coração do macaco. O Curupira provou, gostou e quis comer tudo.
- Quero mais! Quero o resto! – pediu ele. O Caçador entregou-lhe o que havia sobrado, mas, em troca, exigiu um pedaço do coração do Curupira.
- Fiz sua vontade, não fiz? Agora você deve dar-me em pagamento um pedaço de seu coração, disse ele.
O Curupira não era muito esperto e acreditou que o Caçador havia arrancado o próprio coração, sem ter sofrido nenhuma dor e sem haver morrido.
- Está certo, respondeu o Curupira, empreste-me sua faca.
O Caçador entregou-lhe a faca e afastou-se o mais que pôde, temendo levar uma facada. O Curupira, porém, estava sendo sincero. Enterrou a faca no próprio peito e tombou, sem vida. O Caçador não esperou mais, disparou pela floresta com tal velocidade que deixaria para trás os bichos mais velozes…Quando chegou à aldeia, estava com a língua de fora e prometeu a si mesmo não voltar nunca mais à floresta. Pensou: “Desta escapei. Noutra é que não caio”
Durante um ano, o índio não quis saber de entrar na mata. Quando lhe perguntavam por que não saía mais da aldeia, ele se desculpava, dizendo estar doente.
O Caçador tinha uma filha que era muito vaidosa. Como haveria uma festa dentro de poucos dias, ela pediu ao pai um colar diferente de todos os que ela já tinha visto.
O índio, pai dedicado, começou a pensar num modo de satisfazer o desejo da filha. Lembrou-se, então, dos dentes verdes do Curupira. Daria um bonito colar, sem dúvida.


Partiu para a floresta e procurou o lugar onde o gênio havia morrido. Depois de algumas voltas, deu com o esqueleto meio encoberto pelo mato. Os dentes verdes brilhavam ao sol, parecendo esmeraldas.
Conseguindo vencer o receio, apanhou o crânio do Curupira e começou a bater com ele no tronco de uma árvore, para que se despedaçasse e soltasse os dentes.
Imaginem a sua surpresa quando, de repente, viu o Curupira voltar à vida! Ali estava ele, exatamente como antes, parecendo que nada havia acontecido!
Por sorte, o Curupira acreditou que o Caçador o ressuscitara de propósito e ficou todo contente:
- Muito obrigado!  Você devolveu-me a vida e não sei como agradecer-lhe!
O índio percebeu que estava salvo e respondeu que o Curupira não tinha nada que agradecer, mas ele insistia em demonstrar sua gratidão. Pensou um pouco e disse:
- Tome este arco e esta flecha. São mágicos. Basta que você olhe para a ave ou animal que deseja caçar e atire. A flecha não errará o alvo. Nunca mais lhe faltará caça. Mas, agora, ouça bem: jamais aponte para uma ave ou animal que esteja em bando, pois você seria atacado e despedaçado pelos companheiros dele.  Entendeu?
O índio disse que sim e desde aquele momento não mais lhe faltou caça. Era só atirar a flecha e zás! O bicho caía. Tornou-se o maior caçador de sua tribo. Por onde passava, era olhado com respeito e admiração.
Um dia, ele estava caçando com outros companheiros que não tinham mais palavras para elogiá-lo. O índio sentiu-se tão importante que, ao ver um bando de pássaros que se aproximava, esqueceu-se da recomendação do Curupira e atirou…
Matou somente um pássaro e, como o Curupira avisara, foi atacado pelo bando enlouquecido pela perda do companheiro.
De seus amigos, não ficou um: dispararam pela floresta, deixando-o entregue à própria sorte.
O pobre índio foi estraçalhado pelos pássaros. A cabeça estava num lugar, um braço no outro, uma perna aqui, outra longe… O Curupira ficou com pena dele. Arranjou cera e acendeu um fogo para derretê-la.  Depois recolheu os pedaços do Caçador e colou-os com a cera. O índio voltou à vida e levantou-se:
- Muito obrigado! Não sei como agradecer-lhe!
- Não tem o que agradecer, respondeu o Curupira, mas preste atenção. Esta foi a primeira e ú1tima vez que pude salvá-lo! Não beba, nem coma nada que esteja quente! Se o fizer, a cera se derreterá e você também!
Durante muito tempo, o índio levou uma vida normal. Ninguém sabia do acontecido. Um dia, porém, sua mulher lhe serviu uma comida quente e apetitosa, tão apetitosa que o índio nem se lembrou que a cera poderia derreter-se. Engoliu a comida e pronto! Não só a cera se derreteu, mas também o próprio índio.

92 comentários:

  1. Respostas
    1. quem quer fazer pra mim

      Excluir
    2. eu to achando é quem faça pra min rrss!!

      Excluir
    3. legal o curupira

      Excluir
    4. Muito louco eu tenho que copiar a lenda toda!

      Excluir
    5. e bem legal a hitoria do curupira

      Excluir
    6. Muito bonita !!!

      Excluir
  2. puxa nunk tinha visto a istoria do curupira assim!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Legal Seu Português

      Excluir
    2. Mano, aprende a escrever certo!
      Corrigindo sua frase:
      -"Puxa, eu nunca tinha visto a história do Curupira assim!"

      Excluir
    3. Corrigindo a sua frase agora viu anônimo
      -"Poxa,eu nunca tinha visto a história do Curupira assim!"

      Excluir
    4. ta mim ajudando muito, show demais

      Excluir
    5. lenda legal!!!!


      mais no final o índio foi burro!!

      Excluir
    6. mim ajuda muito esta historia

      Excluir
    7. adorrei coimseegui fazer o meu traBALHO DE ARTES

      Excluir
    8. e bom saber ate que nao e rui eu tanbem pesava que era diferete

      Excluir
    9. Muuitoo legall

      Excluir
    10. eu achei legal para faze meu trabalho

      Excluir
    11. 1. "História", com inicial maiuscula, significa a ciência oficial que trata dos acontecimentos no tempo e sua repercussão, como a História Geral, História do Brasil, etc.

      Eu prefiro estudar História do Brasil a Matemática.

      2. O vocábulo "história", com inicial minúscula, significa um relato verdadeiro, real, mas que não se enquadra na ciência oficial. É um fato, acontecimento.

      A minha história de vida é algo muito particular.

      3. A palavra "estória" remete à ficção ou a um relato do qual não se tem certeza sobre sua veracidade.

      As estórias da nossa literatura têm muita qualidade. São narrativas de ficção muito interessantes.

      Excluir
    12. super legal só que um pouco grande de mais pra ser um trabalho pequeno

      Excluir
  3. Nuss '_'
    Brinks gostei ☺☻

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa amei,essa outra história,por que já ouvi outras,né eu gostei muito dessa também.
      Me ajudo no dever,Kkkkk

      Excluir
  4. maneiro..nunca tinha visto essa parte da historia..muito legal..

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca vi a história do curupira desse jeito, tbm gostei muito!

    ResponderExcluir
  6. eu adorei!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tambem lindaaaaaaaa ♥ adorei voce tambem fofa ♥♥♥

      Excluir
  7. eu n sabia nem q o curupira tinha os dentes verdes :D!!!

    ResponderExcluir
  8. nossa usei muito essa lenda para o trabalho da escola e levei nota 10 então fiquei feliz oxau zinho

    ResponderExcluir
  9. Daora..nunca tinha ouvido essa.. mto boa :D

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. mmmuuuuuuiiiiiiiiitttttttttttooooooooooo

      Excluir
    2. muito legallllllllllllllll!

      Excluir
  11. ana mari da cunha da costa14 de agosto de 2012 07:27

    e muitoooooooooooooooooogrande eu nao vou copiar tudo nada vou gasta minha mao atols

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas fasa na enpresora

      Excluir
    2. a menina entao vai tirar 0

      Excluir
  12. nossa minha professora amouu nos meus trabalhos e tirei 10!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. serio???? nao me diga ja ta se gavando por que tirou 10!!

      Excluir
    2. Olha Garoto Parabens pela sua no 10 .Mas não precisa mesmo ficar se gabando por isso né?

      Excluir
    3. amei essa lenda tirei 10 naqs minhas notas de portugues historia geografia ciencia geografica informatica e igles na fisk

      Excluir
    4. tirei nota 20 !! TRIIIIIIII

      Excluir
    5. legal parabêns por tirar 10,eu também tirei 10

      Excluir
  13. É muito grande não vou escrever tudo isso =P

    ResponderExcluir
  14. nunca vi a istoria assim, muito legal :D

    ResponderExcluir
  15. Essa história é longa mas interessante longa mais interessante

    ResponderExcluir
  16. cuidado pra ele te pegaa uuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

    ResponderExcluir
  17. adorei tirem nota 10

    ResponderExcluir
  18. ki texto grande poderia faze-o pequeno por favor!
    Mas adorei o texto sobre curupira

    ResponderExcluir
  19. Muito interessante A Lenda do Curupira, gostei muito.

    ResponderExcluir
  20. iradoooooooooooooooo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk D:

    ResponderExcluir
  21. Muito interessante o texto, pensei que não iria ler tudo mais a história chama atenção...

    ResponderExcluir
  22. goti muito desse site 17:17

    ResponderExcluir
  23. e muito legal e m ajudou de ganhar ois pontos para a escola. de:alana souza

    ResponderExcluir
  24. muito legal sua historia amei... interessantemente espetacular...

    ResponderExcluir
  25. aii medo medo medo a lenda é boa mais a historia dá medo ui-ui-ui gostei e me asustei

    ResponderExcluir
  26. MTMT BOM...
    vou dar pros meus alunos!

    ResponderExcluir
  27. *_* só vendo os comentários

    ResponderExcluir
  28. : D primeiro li os comentários , depois de tantos elogios que observei .... decidi ler ... e concordo plenamente : ADOREI !

    ResponderExcluir
  29. Quem é o curupira

    O folclore brasileiro é rico em personagens lendários e o curupira é um dos principais. De acordo com a lenda, contada principalmente no interior do Brasil, o curupira habita as matas brasileiras. De estatura baixa, possui cabelos avermelhados (cor de fogo) e seus pés são voltados para trás.

    O protetor das plantas e animais da floresta

    A função do curupira é proteger as árvores, plantas e animais das florestas. Seus alvos principais são os caçadores, lenhadores e pessoas que destroem as matas de forma predatória.

    Para assustar os caçadores e lenhadores, o curupira emite sons e assovios agudos. Outra tática usada é a criação de imagens ilusórias e assustadoras para espantar os "inimigos da florestas". Dificilmente é localizado pelos caçadores, pois seus pés virados para trás servem para despistar os perseguidores, deixando rastros falsos pelas matas. Além disso, sua velocidade é surpreendente, sendo quase impossível um ser humano alcançá-lo numa corrida.

    De acordo com a lenda, ele adora descansar nas sombras das mangueiras. Costuma também levar crianças pequenas para morar com ele nas matas. Após encantar as crianças e ensinar os segredos da floresta, devolve os jovens para a família, após sete anos.

    Os contadores de lendas dizem que o curupira adora pregar peças naqueles que entram na floresta. Por meio de encantamentos e ilusões, ele deixa o visitante atordoado e perdido, sem saber o caminho de volta. O curupira fica observando e seguindo a pessoa, divertindo-se com o feito.

    O Curupira existe na realidade?

    Não podemos esquecer que as lendas e mitos são estórias criadas pela imaginação das pessoas, principalmente dos que moram em zonas rurais. Fazem parte deste contexto e geralmente carregam explicações e lições de vida. Portanto, não existem comprovações científicas sobre a existência destas figuras folclóricas.

    ResponderExcluir
  30. Adorei, mais a lenda não dá medo.

    ResponderExcluir
  31. Acredita que eu copiei isso tudo ai pra um trabalho de redação , é muita coisa !

    ResponderExcluir
  32. eu pensava que a cabeça dele que era para tras nao os pes

    ResponderExcluir
  33. preciso dessa lenda para o trabalho da escola

    ResponderExcluir
  34. nossa que historia legal

    ResponderExcluir
  35. legal adorei maneira mano

    ResponderExcluir
  36. mudar a historia e contar com minhas palavras

    ResponderExcluir
  37. que sabe desenhar o curupira pra mim eu presciso escrever e desenhar bua bua bua

    ResponderExcluir
  38. Gooooooostei, obg me ajudou muito !

    ResponderExcluir
  39. Essa Lenda é muito interessante! :)

    ResponderExcluir
  40. gostei desse site a minha professora tava querendo que eu levasse a lenda do curupira... gostei muitoo ameii

    ResponderExcluir
  41. Caramba meu vou ter que passar tudo isso a limpo ! meuu Deus q historia longa estou cm dó de meus dedos kkkk aiai

    ResponderExcluir
  42. noss ajudou mtu valeu....agora soh falta achar alguem ke faça pra mim kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  43. Eu já sabia dessa história e muito linda so que cada pessoa conta ela de um jeito...mais essa esta bem esclarecida.adorei

    ResponderExcluir
  44. Alguem sabe dizer o autor desta historia?E se foi publicado em algum livro, editora, etc.....para trabalho escolar. Obrigada.

    ResponderExcluir
  45. to desde 21:00Horas copiando tudo

    ResponderExcluir
  46. AAAAAAAdoreiiiiiiiiiiiiiii,na escola,ajudou em artes,portugues e mais incrives que pareça em ed.fisica,ingles e em música!

    ResponderExcluir
  47. legal esse curupira mais acho que vo resumir essa historia porque é para dever de casa, esses profesores de hoje são maus

    ResponderExcluir

Todas pessoas abaixo tem o mesmo interesse que você, siga você também

Compartilhe com os amigos o G+

Postagens populares

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"
  •  

    Google+ Badge